21 dezembro 2017

AIR EUROPA - Madri – Recife

Air Europa inicia novo voo Madri – Recife,  a partir de 20 dez



 Air Europa inaugura nesta quarta (20) sua nova rota Madri-Recife, se tornando a única companhia aérea a oferecer conexão direta entre Madri e a capital pernambucana. Com duas frequências semanais, a aeronave que serve a nova rota está equipada com os serviços de Wifi e Streaming, garantindo aos passageiros uma melhor conectividade e entretenimento a bordo.

 

Com a presença do presidente do Grupo Juan José Hidalgo, do Prefeito de Recife, Geraldo Júlio, do secretário de Turismo do Estado, Felipe Carreras, da diretora do aeroporto de Barajas, Elena Mayoral, e da secretária de Turismo do Município, Ana Paula Vilaça, o voo saiu de Madri com mais de 250 passageiros, o que representa uma ocupação de mais de 85%.



Na chegada em Recife, prevista para as 20h10, horário local, os passageiros serão recepcionados com dois marcos da cultura local: a orquestra de frevo e bolo de rolo, doce típico de Pernambuco. O voo Recife-Madri, de número UX048 sai às 22h45 (horário local), chegando em Madrid às 10h40 (horário local). Os voos da nova rota serão sempre às quartas e sextas-feiras
Fonte: Mercado & Eventos - 20/12/17 - 13:22

13 dezembro 2017

TURQUIA DOS DERVISHES - uma oração em forma de dança

Sandra Covesi Estreito de Bósforo Turquia


Dança Sufi originário da Pérsia,  (atual Irã), através do poeta, jurista e teólogo Sufi, Mevlâna Jalâluddîn Rumi (1207-1273). Viveu a maior parte de sua vida sob o Sultanato de Rum, mais conhecida hoje como TURQUIA,  morreu em 1273 sendo  enterrado em Konya  cujo túmulo é ponto de peregrinação. Após sua morte, seus seguidores e seu filho Sultan Walad fundaram a Ordem Sufi Mawlawīyah, também conhecida como ordem dos dervishes girantes, famosos por sua dança sufi conhecida como Cerimônia Sema

Apresentação Dervish - Urgup Turquia. Foto Sandra Covesi
Muitas pessoas indagam as danças e acreditam que exista uma perda da consciência, o que não é verdade.pois quando um  Dervish gira, ele entra-se ao criador. "Ao girar em harmonia com todas as coisas da natureza – com as menores células e com as estrelas no firmamento – os semazen testemunham a existência e a majestade do Criador, pensam Nele, agradecem a Ele, e oram a Ele".


Cidade de Konya - Turquia / foto google
A principal característica da dança, são os 3 elementos ou princípios:

 1. A Mente - través do conhecimento Sufi e do pensamento no Criador;
 2. o Coração - através dos sentimentos guiados pela poesia, cântico e ritmo e
 3. o Corpo - através do giro, da-se o movimento da vida, desde os átomos.

São três princípios em um único, talvez um dos poucos rituais que uni os tres elementos, colocando-se como universal.

Dervish - foto Sandra Covesi
Conhecer o significado da dança é muito importante para que compreenda o movimento e a beleza desses giros como uma oração em movimento.

1. O Chapéu de pele de camelo, o sikke - representa o tumulo ou a tumba do ego
2. A saia branca grande e rodopiante - é a mortalha do ego
3. Capa Preta _ ao remover a capa para dar inicio a dança é o renascimento para a verdade
4. Iniciar com os braços cruzados em forma de cruz representa o uno, como integrado a unidade divina
5. Ao girar, os braços abertos, o braço direito apontando para cima, direcionado ao céu, apto a receber a luz, a benção, benevolência e a sabedoria divina
6. O Braço esquerdo aberto e apontando para o chão, significando a terra, onde os homens nascem e vivem.
7. Os olhos, fitam a mão esquerda para lembrar que é humano.

Ao girar em harmonia com todas as coisas da natureza – com as menores células e com as estrelas no firmamento – os semazen testemunham a existência e a majestade do Criador, pensam Nele, agradecem a Ele, e oram a Ele.


POEMA RUMI  (1207-1273)

...Na verdade, somos uma só alma, tu e eu.
Nos mostramos e nos escondemos tu em mim, eu em ti.
Eis aqui o sentido profundo de minha relação contigo,
Porque não existe, entre tu e eu, nem eu, nem tu.

Rumi

Click Aqui e veja o link completo da viagem para Turquia com saída dia 30 de Março, Grupo de brasileiros com guia acompanhante Sandra Covesi


ISTAMBUL - A MAGIA TURCA

 ALGUMAS RAZÕES A MAIS PARA CONHECER ISTAMBUL - TURQUIA

Sandra Covesi - Estreito de Bósforo em Istambul-Turquia 

1. Navegue ao pôr do sol entre dois continentes, faça a passagem do Oriente para o Ocidente através do Estreito de Bósforo - estreito é um acidente geográfico que separa duas massas continentais, ligando duas massas oceânicas, através de um pequeno canal. O Estreito de Bósforo é o canal que liga o Mar de Mármara (e sua extensão, o Mar Mediterrâneo) com o Mar Negro, separando a Europa da Ásia, assim, a cidade onde ele se encontra, Istambul (maior cidade da Turquia), é a única do mundo a se localizar em dois continentes diferentes ao mesmo tempo.



2. Perder-se em Istambul. Uma das coisas mais gostosas a se fazer é, estar "perdida" em Istambul, cada esquina, cada casa, cada artefato, beco, cheiro e sabor diferente que encontramos quando estamos perdidos. Para se achar é fácil. procure a linha de ferro do TRANS, (trem de superfície) e logo se achará. Todas as fotos de Sandra Covesi

  

3. Enlouquecer do Gran Bazaar. Como não enlouquecer ao meio de mais de 4.000 lojas, cheias de cores, artefatos exóticos, ouro, turquesas, sedas, sapatos, roupas, bolsas, onde sua imaginação puder alcançar e um pouquinho mais! 

  

4. Desfrutar uma vez pelo menos do famoso Turkish Hammam ou seja, o Banho Turco.Você nunca se sentirá mais limpo, se você não se importar com alguém esfregando você durante uma hora com uma "luva esfoliante" (kese) feita de seda ou cabra, com o chá servido depois e a sensação distinta de que você está morando como um sultão. Fique atento as plaquinhas, as entrada quase imperceptíveis!

 

5. Explore a Mesquita Azul e a Aya Sofya - Nao digo que alguém possa se esquecer desses monumentos maravilhosos, tanto religioso como artístico, e cultural. Estamos falando da antiga Constantinopla, terra de Bizâncio, uma das grandes Rotas da Seda, mas o interessante é desde o lado de fora das mesquitas até o seu interior, estar atento a todos os movimentos e história, pe interessante um guia local para que entenda a história. Abaixo eu dentro da Mesquita Azul Todas as fotos de Sandra Covesi.

  

  

lembrando que ainda hoje a Mesquita Azul é um templo ativo, onde seus fies fazem as suas orações, enquanto a Aya Sofya foi transformada em  Museu. Abaixo eu, em uma das entrada da Aya Sofya.

  
6. Experimente o Chá de Maçã e o suco de Romã. Dos sabores, cores e aromas, a Turquia impressiona qualquer um. A vontade de experimentar cada coisa é surreal, dessa forma acredito que o que mais dê saudades sejam o chá de maçã (em turco elmalı çay)  servido o tempo todo dentro do Grand Bazaar e Bazaar das especiarias, e o Suco de Romã ( em turco - nar suyu / em inglês - Pomegranate Juice) que se toma em qualquer restaurante.  Abaixo as duas primeiras fotos de Suco de Romã e por último o chá de maçã como realmente é servido.

 


7. Assistir uma cerimonia dos Dervishs em Istambul - ritual de uma beleza indescritível, de harmonia e equilíbrio. O Ritual Sema ou Giro dos Dervishes, que é a dança Sufi, começou com a inspiração de Mevlâna Jalâluddîn Rumi (1207-1273) e foi influenciado pelos costumes e cultura Turcos. São 45 minutos de entrega do ego. "Girando em direção à verdade, ele cresce através do amor, transcende o ego, encontra a verdade, e chega à Perfeição"

Apresentação Dervish na Capadocia - foto Sandra Covesi

8. Fazer a Viagem uma vez na vida - 30 de Março de 2018 - Embarque para Turquia em grupo brasileiro com guia de Sandra Covesi Clique Aqui - Roteiro da Viagem a Turquia 2018



VIENA - programando a viagem cultural


Viena é sinônimo de musica clássica, balé clássico, e muita cultura, como aproveitar tudo isso e se programar?


Todos os anos, o ponto alto da temporada de bailes de Viena acontece em janeiro e fevereiro. Dança-se muito, seja ao valsa ou às batidas eletrônicas.

A cidade de valsas exuberantemente celebra o Carnaval em janeiro e fevereiro. O ritmo de três quartos é complementado por sons mais contemporâneos, oferecendo dança agradável para todos os gostos.



A melhor época do ano começa para balões e fãs de dança em 11 de novembro. A temporada de bola de Viena começa pontualmente no início do Carnaval com dança pública da valsa no centro da cidade. Em Viena, a temporada de bola atinge seu pico em janeiro e fevereiro. A antiga tradição de bolas de carnaval continua a prosperar na cidade. Enquanto alguns dançarinos gostam de seguir o tempo de três quartos das valsas, outros podem preferir soltar uma batida de disco.



O Vienna Opera Ball (alemão: Wiener Opernball) é um evento anual da sociedade austríaca que na quinta-feira, que antecede a quarta-feira da cinza (um feriado religioso).


Saia do Brasil com seu cartão, garantindo assim um aproveitamento maior e maior facilidade na sua viagem em Viena!  Solicite orçamento covesisandra@gmail.com - 11 99552.5020

01 dezembro 2017

RÚSSIA, A VODKA E A COPA DO MUNDO 2018

Não podemos falar da Rússia sem falar sobre a VODKA!



VODKA E A RELIGIÃO - Reza uma lenda que quando o Príncipe Vladimir decidiu adotar uma religião monoteísta, isso lá no século 10, quase adotou o islamismo, mas recuou rápido pois no islamismo é proibido beber! Será mesmo que a Rússia é cristã ortodoxa por questões etílicas? Isso jamais saberemos, mas sem a vodka, a psique russa ficaria totalmente abalada!

Vladimir van Kiev

PALAVRA VODKA - “...A palavra "vodka" é conhecida desde o século 17 e é provavelmente uma derivada de “voda” (água). No passado, outros nomes também eram usados para a bebida: vinho (vinho de pão), vinho korchma ou korchma, vinho destilado, vinho ardente, vinho queimado e vinho amargo entre outros. Pensa-se que a própria bebida, ou melhor, o seu antepassado, uma bebida forte chamada aqua vitae (latino para "água da vida"), foi trazida pela primeira vez para a Rússia por comerciantes genoveses a caminho da Lituânia. Eles viajaram por Moscou, onde os convidados estrangeiros tiveram uma audiência com o Príncipe Dmitry Ivanovich, chamado Donskoy por sua vitória sobre o exército mongol-tártaro no campo de Kulikovo pelo rio Don. Lisonjeados pela hospitalidade do governador de Moscou, eles lhe apresentaram vasos com o espírito acima mencionado...”. http://www.vodkamuseum.ru/en/muzej 


DO QUE É FEITO A VODKA - Originalmente a Vodka é produzida a partir da BATATA, ainda hoje mantem essa tradição na Rússia, na Noruega, na Polônia, mas já existem Vodkas com misturas interessantes como milho, milho, trigo, centeio e cevada!


VODKA E O DINHEIRO - Voce sabia que Vodka já foi sinônimo de moeda na Rússia, e os rótulos foram considerados dinheiro? No final da história russa moderna, houve um período de tempo em que uma garrafa de vodka se tornou uma espécie de moeda nacional, que era usada para pagar todos os tipos de pequenas despesas. 



Além disso, no início da década de 1920, durante uma séria crise financeira quando houve escassez de unidades monetárias, os rótulos de vodca serviram como dinheiro na Sibéria! Esta bebida também desempenha um papel significativo na língua e no folclore russo. Em outras palavras, a vodka é um componente importante da vida russa, elemento de identidade nacional e cultura cotidiana.


VODKA EM RUSSO - para evitar transtornos na Rússia na hora de comprar Vodka e ir para o estádio assistir seu jogo, saiba pedir Vodka em Russo:

 Dicionário

VODKA - ВОДКА
QUERO UMA GARRAFA DE VODKA, POR FAVOR! - Я ХОЧУ БУТЫЛКУ ВОДКИ, ПОЖАЛУЙСТА!
QUANTO CUSTA ESSA VODKA? СКОЛЬКО СТОИМОСТЬ ВОДЫ?
ONDE FICA MEU HOTEL? ГДЕ МОЙ ГОСТИНИЦА?
DEIXA PRA LÁ, BEBI DEMAIS! Я пью много водки

Portanto com tantos atributos interessantes, quando for para Rússia, não se acanhe, vá para o futebol beba vodka!